segunda-feira, 6 de junho de 2011

Ela III

A ciranda continua.
A sanfona toca e não murcha.
Assim, menina, é o que eu sinto.
Dia após dia.
Noite após noite.
A certeza anuncia.
O coração não se aquieta.

2 comentários:

  1. Tem selinho pra vc no meu Blog (:

    Beijoos!!

    http://pathyoliver.blogspot.com/2011/06/selinho-comemorativo-400-seguidores.html

    ResponderExcluir
  2. Nervosismo... Como o vinho que exala seu aroma, mas que não pode ser bebido. Muito bom.

    Abraços!

    ResponderExcluir