sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

Warum?

Naquele segundo, me disseram:
- Só vá embora.
E eu fui.

Nunca mais ouvi falar de mim mesmo.

4 comentários:

  1. Talvez porque não quiseste mais ouvir?
    Talvez porque estiveste perdido?
    Warum?
    Eu também quero saber!!!

    Márcio!
    Este texto é demais!
    Beijo enorme!!!

    ResponderExcluir
  2. A D O R E I isso. Paresse grito de feitiço - WARUM - e ploft o sujeito some.

    genial, Vandré!

    Aliás as palavras estão nascendo como um big bang por aqui.

    beijos

    ResponderExcluir
  3. phantastischen! Vi vários textos.. do teu blog, mas esse ultimo, warum, foi animal.. mesmo, prbns

    ResponderExcluir