terça-feira, 14 de setembro de 2010

Sustentável

Sua luz é o sorriso, menina.
É aquela música que não desafina.
É para onde a paz se destina.
Um local onde não haja horizonte nem verticalidade.
Apenas clarividência.

6 comentários:

  1. Poema que sustenta o olhar, e o sorriso que se abre tímido.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  2. Sensação gostosa de viver essa.
    Abs

    ResponderExcluir
  3. Poesia da clarividência.
    Jorge Manuel Brasil Mesquita
    Lisboa, 15/09/2010

    ResponderExcluir
  4. Que coisa linda, Marcio.
    Clarividencia e um termo tao teu.
    Um beijo

    ResponderExcluir
  5. claro e evidente poema acerca da inSUSTENTÁVEL leveza do ser.

    ResponderExcluir