terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Astronauta

Não, no espaço não há o que eu procuro.
É a terra que eu anseio.
Quero sentir meu pé pisar o solo.
Só assim viverei em paz.

2 comentários:

  1. Márcio!

    Você vai sempre viver em paz!

    Não tenho dúvida alguma!

    Beijos, poeta!

    Mirze

    ResponderExcluir