sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Reflexo

- Eu vejo.
Eu sigo.
- Eu parto.
Corações?
- Eu sou humano.
Eu sou terreno.
- Puro solo.
Puro sangue.
- Morte!
Morre...

Meus debates com o reflexo na água...

3 comentários:

  1. Deve ser minha fome estranha por falar de sangue e morte que encontro algo mais nestes pequenos versos.

    Abraços em ti,

    Charlie B.

    ResponderExcluir