quarta-feira, 10 de março de 2010

Quadro

Se no teu olhar há o infinito?
Aposto que sim!
Nas curvas simétricas do teu rosto, passeio.
Imagino o teu respirar tranquilo.
Devo tirar uns daguerreótipos.
Aclarar os quadros que não foram pintados.
Desvanecer escuridões,
esperando o fim da madrugada.

10 comentários:

  1. Dra. Lara! :)
    Obrigado mais uma vez! :)

    ResponderExcluir
  2. Justo!
    o meu é ricellilaplace@gmail.bom

    bjbj

    ResponderExcluir
  3. O quadro que pintas surge claro mesmo aos devaneios da lua escuridão... perfeito meu caro!

    Abs...

    ResponderExcluir
  4. Perfeito.
    Gostei imensamente, parabéns!

    Tenha um excelente dia.

    ResponderExcluir
  5. Sim, há infinito, só resta buscar...
    Beijos e saudades!

    ResponderExcluir
  6. mas a noite é sempre uma sala de espera...

    bonito texto.
    beijo.

    ResponderExcluir
  7. Eu também aposto.

    Bonito, moço. ^^

    Meu beijo

    ResponderExcluir